Reconciliação

Sacramento da Confissão, Penitência ou  Reconciliação
in Catecismo da Igreja Católica
 
422. «Aqueles que se aproximam do sacramento da Penitência obtêm da misericórdia de Deus o perdão da ofensa a Ele feita e, ao mesmo tempo, são reconciliados com a Igreja, que tinham ferido com o seu pecado, a qual, pela caridade, exemplo e oração, trabalha pela sua conversão» (3).
 
I. Como se chama este sacramento?
 
1423. É chamado sacramento da conversão, porque realiza sacramentalmente o apelo de Jesus à conversão (4) e o esforço de regressar à casa do Pai (5) da qual o pecador se afastou pelo pecado.
 
É chamado sacramento da Penitência, porque consagra uma caminhada pessoal e eclesial de conversão, de arrependimento e de satisfação por parte do cristão pecador. 
 
1424. É chamado sacramento da confissão, porque o reconhecimento, a confissão dos pecados perante o sacerdote é um elemento essencial deste sacramento. Num sentido profundo, este sacramento é também uma «confissão», reconhecimento e louvor da santidade de Deus e da sua misericórdia para com o homem pecador.
 
E chamado sacramento do perdão, porque, pela absolvição sacramental do sacerdote. Deus concede ao penitente «o perdão e a paz» (6).
 
E chamado sacramento da Reconciliação, porque dá ao pecador o amor de Deus que reconcilia: «Deixai-vos reconciliar com Deus» (2 Cor 5, 20). Aquele que vive do amor misericordioso de Deus está pronto para responder ao apelo do Senhor: «Vai primeiro reconciliar-te com teu irmão» (Mt 5, 24).
*****
 
Segundo o mandamento da Igreja, devemos nos confessar pelo menos uma vez por ano, ou sempre que a nossa consciência exigir. A razão desta orientação nos vem de Jo 20,23: “Os pecados daqueles que vocês perdoarem, serão perdoados. Os pecados daqueles que vocês não perdoarem, não serão perdoados.”A esta palavra do Senhor podemos acrescentar a necessidade real que todos nós temos de pelo menos uma vez por ano fazermos nossa revisão de vida, nosso “checkup”espiritual: Tenho sido um cristão autêntico?
Como tem sido o meu relacionamento com Deus, com meu próximo e comigo mesmo?
 
A experiência da fé mostra que neste sacramento se manifesta a certeza da libertação dos pecados, sejam eles graves ou não. O pecado é considerado grave quando ele preenche três condições:1) a violação da lei de Deus ou da Igreja em matéria grave; 2) feita com inteiro conhecimento; 3) com plena vontade. Em todos os outros casos, podemos receber autenticamente o perdão de Deus, após o nosso sincero arrependimento, na celebração da santa missa. 
 
O que é necessário para uma boa confissão?
 
Ver em Sacramento da Misericórdia, no Espaço da Misericórdia, neste site.